Saturday, March 22, 2014

Le Divorce, por Diane Johnson


Sinopse
À Francesa, nome brasileiro de Le Divorce, conta a história de Isabel Walker, uma jovem americana que vai a Paris visitar a irmã grávida, Roxeanne, depois que ela é abandonada pelo marido, Charles-Henri de Persand. Ao chegar na cidade, acaba se apaixonando pelo diplomata francês Edgard, que é casado. A trama se desenvolve a partir dos problemas enfrentados pelas duas irmãs. Roxy terá que se divorciar do marido, e Isabel, além de estar vivendo um romance proibido que resultará em um grande escândalo, precisa se adaptar aos costumes e à cultura parisienses.

     Através de uma trama engraçada e ao mesmo tempo rica em tensão, Diane Johnson traz para seus leitores uma história que aborda muito bem as divergências entre as culturas americana e francesa, seus pontos fortes e fracos, contando a aventura de Isabel Walker, uma californiana que decide passar uma temporada na França com sua meia-irmã que casou-se com um francês. Roxeanne, ou Roxy, está grávida, tem uma filha pequena, e assim que Isabel chega a Paris, o marido de Roxy a abandona. O grande enredo do livro aborda a recepção das irmãs pelos franceses, e as dificuldades enfrentadas pelas famílias de Roxy e Charles-Henri, seu marido, para a negociação do divórcio. Aparentemente o divórcio não é um processo de fácil execução na França, principalmente quando se possui bens para serem repartidos. Enquanto Roxy luta para se manter de pé, mesmo grávida, nessa confusão, sua irmã Isabel envolve-se secretamente com Edgard, um homem importante no cenário político internacional da França, que é da família do marido de Roxy. 
     Este livro é como uma grande bola de neve, bem premiada com toques franceses e americanos, que ao final, estoura, chegando a consequência esplêndidas e trágicas.
     Desde o início tinha uma expectativa mediana sobre esse livro, esta que foi mudando conforme a leitura caminhava - Diane Johnson possui uma escrita suave e informativa, e isso contribuiu para que a história fosse além das expectativas que tinha. Acho válida esta leitura durante um período como as férias, por tornar-se densa em alguns momentos. Um ponto negativo do livro foi a tradução, muitas palavras foram traduzidas por palavras de um sentido não muito claro em português. Indico principalmente aos amantes de diferentes culturas.

Confira os comentários de outras pessoas sobre este livro aqui.

Trechos: " Não é fácil ser americano (...) Esta é a verdade. É difícil. Nós viemos para cá para fugir de uma obrigação moral. Somos sensíveis demais... digo, nós, os expatriados, embora deteste usar esta palavra. Quando se está de volta, e se vê o que se vê, sofre-se com isso."
"Não é nada fácil ser recém-chegado a um país do qual não se conhece a língua, e de cujos costumes ou você desconfia, ou teme."
"Se você se mantém calma quando algo está errado, as pessoas acham você fria e insensível."
" Não chego a dizer que a verdade necessariamente a tornará livre, mas é melhor do que o pietismo, porque, com ela, você conhece sua própria posição."
"Eu admiro os franceses pela maneira despreocupada com que compram, pelo seu respeito às coisas criadas pela mão humana."
"Aprendi a não deixar o amor seguir seus próprios caminhos misteriosos e fatais - é preciso dar uma orientação ao amor."
"Aqui há a noção de que a felicidade intermitente estraga os outros momentos da vida, enquanto que deveria inundá-los todos, incendiando-os com labaredas de alegria."
"Na França, gostos simples, modos educados, afeições domésticas, e a ligação que os homens sentem pelo seu lugar de nascimento são percebidos como grandes garantias da tranquilidade e felicidade do Estado. Mas, na América, nada parece ser mais prejudicial do que essas virtudes."
"Em princípio, a memória serve para informar o presente, permitindo aprender com nossos erros. Por que voltar?"
"Mas há uma diferença fundamental: vocês, americanos, pensam que se o povo quer algo, então deve ser permitido. Depois se castigam com torpeza, por terem permitido algo que vocês verdadeiramente desprezam. É esse o paradoxo que vai acabar por destruí-los."


Depressão pós-livro: 34%
Avaliação Final: 73%

22 comments:

  1. Achei super interessante, vou procurar na biblioteca aqui. Mas, caso contrário, pode mandar um de presente pra mim.
    http://dedodemenina.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá:)
      hahaha ok! Procure sim, vai gostar!!
      Beijinhos

      Delete
  2. Oie! Não conhecia o livro! Vou procurar saber mais sobre ele!
    Bjs, me segue? se ja segue ignora e comenta por favor nesse post ajudaria muito: http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/03/zumbis.html

    ReplyDelete
  3. Olá Stéh! Tudo bem?
    Sua resenha me deixou curiosa para conhecer melhor esse livro, pois me parece que essa bola de neve que você disse vai ficar bem grande... Imagino o que deve ter acontecido no momento em que a irmã de Roxy, Isabel conta que está tendo um caso com um parente do ex marido da irmã :D
    Adorei a resenha e me deixou mais curiosa para ler este livro...
    Beijinhos
    T.P
    4 You Books

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá:)
      Pois é, é uma grande bola de neve! Terrível! haha
      ótimo saber disso, obrigada!
      Beijinhos

      Delete
  4. Muito bacaninha sua resenha.
    big beijos

    ReplyDelete
  5. Ainda não conhecia esse livro. Bjus!

    galerafashion.com

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá:)
      Procure saber mais sobre ele!
      Beijinhos

      Delete
  6. Não conheço, gostei da resenha.

    http://www.pamlepletier.com/

    ReplyDelete
  7. nunca ouvi falar nesse livro mais pelo o que vc disse acima parece legalzinho '-'

    >>>>Maluca por Estrelas<<<<<
    http://malucaporestrelas.blogspot.com/

    ReplyDelete
  8. Nao conhecia o livro, mas a história parece ser interessante.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
  9. Vou deixar o livro para as próximas férias então, porque jajá minhas aulas voltam e leitura densa entre aulas de engenharia não dá certo!
    Adorei essa avaliação final + depressão pós livro do final
    Avaliação bacana :D
    Beijinhos
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá:)
      Pois é haha, reserve-o pras férias então!!! haha
      Obrigada!
      Beijinhos

      Delete
  10. Curti muito esse negócio de cultura diferente! É sempre bom aprender mais nos livros.
    Adorei a dica. Não conhecia e gostei!!
    Mesmo se tornando um pouco mais denso em alguns trechos, tenho certeza que vou curtir!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá:)
      É, vai sim! Cultura nunca é demais!!
      Beijinhos

      Delete