Thursday, February 14, 2013

O Pequeno Príncipe, por Antoine de Saint-Exupéry


    Sinopse
     ''O Pequeno Príncipe é uma fábula. Ou se preferirmos, uma parabola. Não é um livro para crianças, porque traz justamente a mensagem da infância, a mensagem da criança. Essa criança que irromperá de repente no deserto do teu coração, a milhas e milhas de qualquer região habitada. A menos que não queira ver, a face do Pequeno Principe, a face de um outro, coroada com os espinhos da rosa.... Este livro é também um teste. É o verdadeiro desenho numero 1. Se não o quiseres compreender, se não te interessas pelo seu drama, fica aqui a sentença do Principe: Tu não és um homem de verdade. Tu não passas de um cogumelo''

     ''O Pequeno Príncipe'' é simples como um livro para criança, e profundo como um livro de 'gente grande'.

     Explora questionamentos inocentes de criança, que até então, nunca havia parado para pensar sobre. 
     Com uma narrativa sensível e quase poética, Antoine traz de volta perguntas simples de infância, que os adultos ignoram como questionamentos banais, achando que já têm as respostas para todas as perguntas. 
      Uma história para grandes reflexões sobre a vida e as pessoas á sua volta. - Qual o verdadeiro significado de cativar alguém? 
     Acho fundamental para o entendimento deste livro, a leitura 'entrelinhas'; buscar aquilo que o autor quer realmente passar, e quase nunca está explícito.
     E justamente por isso, acho que ''O Pequeno Príncipe'' não devia receber a fachada de Livro Infantil. Como dito anteriormente, é simples como tal, mas com uma profundidade de 'Gente Grande'. E isso faz com que os adultos não se interessem pelo livro, e as crianças, não consigam absorver tudo o que o livro realmente passa, resultando no não reconhecimento devido da obra.

Capas pelo mundo:  A pedido do autor, a história do Pequeno Príncipe é acompanhada pelas suas aquarelas, portanto, praticamente todas as obras do mesmo, possuem a mesma famosa ilustração do principezinho.


Trecho: '' Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.''  -  '' Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.''

Depressão pós-livro: 50%

Avaliação Final: 99%

2 comments: